Bem receber | Hospitality

Dizem que é uma arte. Para mim, é uma paixão.

Receber as pessoas, os nossos convidados é algo que me dá muito prazer, conforta-me até. A sensação é a mesma de quando compramos um presente para oferecer a quem amamos, aquele calor no coração difícil de descrever.

Como em tudo na vida dá trabalho e é preciso dedicação mas o resultado final compensa muito. Muitos dirão que parece forçado. Preparar um lanche, uma bebida ou uma simples conversa e ter atenção a todos os pormenores: os talheres, os guardanapos, as flores, a luz, o ambiente, a forma de receber, todos os detalhes pensados. Não será a primeira vez nem a última que me dizem “Que exagero! Não é preciso tanto!”. Pois eu acho que é. Acho até que é preciso muito mais! Porque a nossa vida é feita dos momentos e das experiências que temos, dos sorrisos, dos cheiros e das imagens que gravamos em nós.

 

Por isso, quando estamos a receber alguém não se trata apenas de decorar uma mesa ou abrir uma garrafa de vinho. Trata-se de proporcionar uma experiência. Um momento único que desperta emoções e sentimentos. E tudo o que está à volta, seja físico ou intangível, é essencial para criar essa recordação. Nos outros e em nós.

*

They say it’s an art. For me, it’s a passion. 

Receiving and treating guests in a warm and friendly way it’s something that gives me so much pleasure. It really comforts me. It’s the same feeling for when we buy a gift for a loved one. That warm in our heart that it’s difficult to describe.

It also means hard work and dedication. But the result is much more rewarding. Many will say that it seems fake. Preparing a snack, a drink or a simple conversation and mind all the little details: tableware, napkins, flowers, light. Every single detail. It’s not the first time (and certainly not the last) that someone tells me “Why are you doing all that? That’s too much!”. You know what I think? I think that we need this and much more! Because our life is made of moments, experiences, smiles, perfumes, images that we engrave on ourselves.

That’s why receiving someone is not just decorating or opening a bottle of wine. It’s about the experience, living emotions. And everything around us is essential for creating a memory. On others and on ourselves. 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: